Seja bem vindo

"Bem aventurados os irrepreensíveis no seu caminho, que andam na Lei do Senhor. Bem aventurados os que guardam suas prescrições e o buscam de todo o coração; não praticam iniquidade e andam nos seus caminhos. Tu ordenaste os teus mandamentos, para que os cumpramos à risca. Tomara sejam firmes os meus passos, para que eu observe os teus preceitos." Salmos 119:1-5



quinta-feira, 31 de maio de 2012

Jesus pregou a salvação para os mortos?



“No qual também foi e pregou aos espíritos em prisão...” (I Pe. 3:19)

Qual é o sentido de IPe. 3.19, que se refere à pregação de Cristo aos espíritos em prisão no Hades? Pregou Cristo a eles, dando-lhes a oportunidade de salvar-se, após terem morrido? Se examinarmos essa sentença cuidadosamente, em seu escopo total, descobriremos que a passagem não ensina tal coisa — pois contrariaria Hb. 9:27 - “... aos homens está ordenado morrerem uma só vez, vindo, depois disto, o juízo”.

Na versão NASB, IPe. 3:18-20 foi traduzido assim: Porque Cristo morreu pelos pecados, de uma vez por todas, o justo pelos injustos, para conduzir-nos a Deus, tendo sido sentenciado à morte na carne, mas vivificado no espírito; no qual ele foi também e fez proclamação aos espíritos agora na prisão, que outrora foram desobedientes, quando a paciência de Deus esperou nos dias de Noé, durante a construção da arca, pela qual uns poucos, isto é, oito pessoas, se salvaram das águas. Observamos, pela tradução acima, que o verbo que se traduz por pregou em King James Version não equivale ao grego euangelizomai (“pregar ou levar boas-novas”), que certamente significaria que depois de sua crucificação Cristo realmente levou uma mensagem de salvação às almas perdidas no Hades; antes, o verbo é ekëryxen, derivado de kërysso (“proclamar uma mensagem”, da parte de um rei ou potentado). O que o v. 19 diz na verdade é que Cristo fez uma proclamação às almas que estavam aprisionadas no Sheol ou Hades.

Há duas possibilidades para o conteúdo dessa proclamação: 1º) a proclamação feita pelo Cristo crucificado no Hades a todas as almas dos mortos pode ter sido essa: o preço do pecado havia sido pago, e todos os que haviam morrido na fé deveriam aprontar-se para subir ao céu, o que ocorreria logo, no domingo da ressurreição. 2º) a proclamação poderia dizer respeito àquela urgente advertência que Noé havia feito à sua própria geração, no sentido que se refugiassem na arca, antes que o grande dilúvio destruísse toda a raça humana. 

Dessas duas opções, a primeira diz respeito a uma ocorrência real (cf. Ef. 4:8); essa proclamação teria sido feita a todos os habitantes do Hades, em geral, ou então só aos redimidos, em particular. Mas a segunda, significa que Cristo, mediante o Espírito Santo solenemente advertiu os contemporâneos de Noé, por meio do próprio Noé (conforme descrição em IIPe. 2:5) como pregador ou arauto da justiça. 

Portanto, parece-nos muito evidente que a passagem discutida nos assegura que até mesmo naqueles tempos antigos, nos dias de Noé, quando o Senhor estava em estado de pré-encarnação, o Verbo estava interessado na salvação dos pecadores. Assim é que o ato pelo qual a família de Noé se salvou mediante a arca foi um evento profético, apontando para a provisão graciosa de Deus pela expiação substitutiva numa cruz de madeira — à semelhança do instrumento de livramento, a arca, que salvou Noé do julgamento divino sobre a humanidade culpada. Em ambos os casos apenas os que pela fé se refugiam no meio de salvação proposto por Deus podem livrar-se da destruição.

Esse relacionamento entre tipo/antítipo é equacionado com clareza em IPe. 3:21 - “a qual, figurando [ARA traduz assim antitypon] o batismo, agora também vos salva, não sendo a remoção da imundícia da carne, mas a indagação [epërótëma] de uma boa consciência para com Deus, por meio da ressurreição de Jesus Cristo”. Em outras palavras, o arrependimento do pecado e a confiança só em Cristo, para a salvação com base em sua expiação e ressurreição, são os elementos que suprem o livramento do pecador culpado e tornam possível que esse obtenha “uma boa consciência”, com base na convicção de que todos os seus pecados foram pagos completamente pelo sangue de Jesus.

Diante das conjecturas podemos pressupor que: 1º) Jesus desceu ao Hades e proclamou a sua vitória ou 2º) Podemos concluir também que a proclamação a que se refere o v. 19 ocorreu, não quando Cristo desceu ao Hades, após sua morte no Calvário, mas em Espírito, o qual falou pela boca de Noé, durante aqueles anos em que a arca era construída (v. 20). Portanto, uma coisa é certa, o v. 19 nenhuma esperança oferece de uma “segunda oportunidade” para aqueles que rejeitaram Cristo durante sua vida aqui na Terra.


Extraído do livro "Céu e Inferno" do Prof. João Flávio Martinez

Fonte: CACP

Outros artigos que talvez lhe interessem:

Como fica a situação de quem nunca ouviu o evangelho? Serão salvos ou não?
Lei e a graça, um anula o outro?
Quando uma criança morre, ela vai para o céu independente da fé de seus pais?
http://templojovemvirtual.blogspot.com/2011/10/quando-uma-crianca-morre-ela-vai-para-o.html

Não deixem de ir até o final do blog para ver artigos que são os mais acessados.

segunda-feira, 28 de maio de 2012

Unissex o caramba! Homem é homem – mulher é mulher.



Nesses últimos tempos muita coisa ruim tem sido inventada, digo invenções vinculadas com idéias e comportamentos.

Um que veio para destruir a personalidade e os bons costumes, infligindo principalmente o natural que Deus fez, é a tal de IGUALDADE de sexos! É uma sandice sem precedentes.

Há algum tempo fiz um artigo combatendo o movimento feminista em sua busca pela “masculinização das mulheres”. Isto também quero falar aqui agora.

O movimento “unissex” tem buscado desde a infância inserir-se no cotidiano de nossas crianças, bem como mudar a estrutura do que é um homem e o que é uma mulher.

Em nossa atualidade querem IMPOR na humanidade uma igualdade entre homem e mulheres, não apenas em direitos, mas também nos deveres e gênero.

O que vemos é um colapso na formação da personalidade das crianças, bem como uma mudança (pra pior) em nossa sociedade.

Nunca o homem (macho) foi tão feminilizado como agora, e as mulheres (fêmea) estão buscando cada vez mais assumir um papel de homem, isto até mesmo na forma de agir.

Fica mais do que claro que essa nova “moda” contraria a natureza!

Menino deve agir como menino e menina deve agir como menina, isto também serve para homem agir como homem e mulher agir como mulher.

Sou contra o movimento feminista, mas não sou contra a mulher ser feminina. Na verdade, o início deste movimento pela igualdade entre homem e mulher nos padrões que vemos, se deu com o movimento feminista, que visa dar a mulher uma posição não só igual como também superior a do homem.

Há países onde menino e meninas devem usar a mesma roupa nas escolas, bem como brincar com os mesmos brinquedos, tipo, o menino tem que brincar de boneca e as meninas de carrinho – note que está acontecendo uma INVERSÃO de valores.

Há uma grande diferença entre direitos iguais e sermos iguais! O que ocorre é o que movimento homossexual também está por trás disso.

Não sei se você sabe (se não sabe vai ficar sabendo agora), mas o movimento feminista, principal articulador deste disparate, foi formado por lésbicas, odiosas do sexo masculino.
Inclusive, muitos que fazem essas leis ou que dão palpites na criação de nossos filhos, nem tem filhos ou se casaram.

Gloria Steinem, uma das principais vozes do movimento feminista, nunca se casou, não gostava de crianças e se ressentia profundamente com os homens, no entanto, foi conselheira de milhões de mulheres, principalmente na criação de filhos.

Assim, a mídia que gosta de apoiar coisa ruim, é um sustentáculo para a disseminação desta profunda inversão de valores e deveres de cada um!

É como tenho dito, toda mulher tem que ter seus direitos respeitados, principalmente o de ser uma mulher feminina, onde ser viu uma geração como essa, geração de mulher macho!

Peço que leiam também a abaixo, outro artigo que fiz semelhante a este.

Ore também por nossas crianças, para que cresçam sadias, mentalmente e espiritualmente. É como diz uma música, “cada um no seu quadrado”.

Que Deus vos abençoe e se você é homem haja como um e se és mulher, seja uma de verdade. 

Artigos relacionados:
Por que sou contra o movimento feminista!
As mulheres, podem ou não serem pastoras?

quarta-feira, 23 de maio de 2012

O domínio da pornografia nas famílias cristãs, inclusive pastores.

video


O site que eles colocam no final do vídeo está inacessível, talvez por causa do alto acesso nele, mas deixo aqui outro no final do criador deste vídeo. Está tudo em inglês, se você sabe ler acesse, caso não saiba, há ferramentas que traduzem, porém muita coisa este tradutor automático erra.

Por fim, mesmo para quem não vai acessar, o que ocorre neste vídeo é uma realidade que, por deveras está oculta no seio familiar, causando estragos, nos filhos, no casamento e até nos ministros. Não podemos deixar a pornografia dominar nossas mentes, pois a mesma tem que ser levada cativa à obediência de Cristo (2 Coríntios 10:5).


domingo, 20 de maio de 2012

Maldito aquele que fazer a obra do Senhor relaxadamente.



Jeremias 48:10 diz o seguinte, “Maldito aquele que fizer a obra do Senhor relaxadamente”.

Esta palavra final, encontrei em outras versões como “fraudulosamente ou enganosamente”.

Em todas, podemos dizer que o sentido é o mesmo, ou seja, não fazer a obra do Senhor com temor, de verdade, levando a sério as coisas de Deus, brincando de ser crente.

Na atualidade o que mais vemos são obreiros tentando fazer a obra de Deus, perdoe-me a expressão, “nas coxas”, isso quando não estão levando tudo com a “barriga”.

São pastores, líderes, músicos, noto um aglomerado de pessoas com um má preparação espiritual, sem conhecimento bíblico e também com a intenção errada.

Converso com determinados pregadores quem nunca leram a bíblia inteira! Eu já disse isto em um artigo pretérito, mas repito porque o número de pastores que não conhecem a bíblia só tem se alastrado.

Logo no início de uma pregação sabemos se o cidadão tem ou não conhecimento da palavra ou se é uma pessoa de oração. O que mais tenho me deparado são com pregações rasas, onde o poder de Deus não opera por falta de consagração.

Quando vamos para a parte musical vejo algo semelhante a um picadeiro! É uma utopia de alguns achando que vão alcançar o “estrelato” gospel montando uma bandinha estilo oficina G3, um ministério estilo toque no altar ou um grupo de rap.

Acham que fazer a obra de Deus é só ser um músico. Não meu caro, não adianta nada cantar ou tocar bonito se nunca ganhou uma vida para Cristo, Ele nos chamou para pregarmos o evangelho.

Alguns gostam de se defender dizendo que estão pregando o evangelho com a música, porém o que percebo, é que isto não passa de uma mentira, pois nem eles mesmos estão convertidos!

São músicos que não oram, não lêem a bíblia, não vivem uma vida de santidade, NÃO ESCUTAM A PREGAÇÃO (porque estão sempre fora do culto no momento da palavra, ou seja, acaba de tocar, para eles o culto acabou).

Com Deus não é assim! Há bandas ditas “cristãs” que são conhecidas, porém isto não quer dizer que Deus está com elas, pois a maioria são músicos com intenções adversas dos princípios bíblicos, que faz anos que não colocam seus pés para participar de um culto, cear.

Vejo obreiros, músicos, e até mesmo pastores rebeldes, que não respeitam quem são autoridades espirituais em suas vidas. Refiro-me aos próprios pais, bem como líderes espirituais.

As intenções perversas dos seus corações são manifestadas com suas atitudes de orgulho e ganância! Quantos são os que “fazem a obra de Deus” pensando só no dinheiro e na fama! MUITOS!

Poderia dar uma enxurrada de textos bíblicos que corroboram com tudo que tenho dito aqui, mas não o farei, pois creio que este artigo é um bom resumo dos maus obreiros que vemos hoje em dia.

Termino fazendo um alerta, de Deus não se zomba e ele não toma por inocente quem tem culpa, por isto, antes de colocar suas mãos no arado, o faça com zelo, amor, temor e tenha consciência de quão precioso é fazer a obra de Deus.

Que o Senhor vos abençoe e vos guardem dos maus obreiros.

quarta-feira, 16 de maio de 2012

O retorno do PLC 122/06 – a mordaça gay!



Caros leitores, tenho que confessar algo antes de prosseguir com o texto. Se tem um assunto que evito falar aqui no blog é o de homossexualismo, não porque não gosto de falar do tema, mas é que há tantos sites e blogs que falam que tenho evitado pois muitos já o fazem. Porém, nestes últimos dias, não tem como eu não postar pelo menos um artigo sobre o tema por mês, ao ver que os movimentos gays tem se levantado com muita força contra os princípios que pregamos.

Pois bem, a dona Marta do PT juntamente com outros militantes desse partido e outros como o PSOL, se uniram aos grupos gays para ressuscitar o texto INTEGRAL do PLC 122.

Para quem não sabe, o PLC 122 é um projeto que visa a criminalizar a “homofobia”. É o projeto que o Pr. Silas Malafaia tanto combate, sendo que nos últimos tempos outros pastores de renome também abraçaram a causa dando apoio ao Silas.

Um dado importante, é que tentaram a um tempo atrás maquiar este projeto de lei 122, mas de nada adiantou, porque o texto dele é tão perverso e utópico, que não tinha como aproveitar nada, mas mesmo assim alguns “representantes” do povo evangélico aprovaram as mudanças.

Não deu certo! Grupos evangélicos foram contra e grupos de gays também.

Agora querem com força total aprovar o texto original. Neste texto original, encontramos proibição com prisão, do tipo:

Pregar contra a prática homossexual ou apenas discordar;
Demitir alguém por ser homossexual;
Será preso alguém que impedir que um homossexual influencie seu filho a ser um.

Só com estes três exemplos, vemos uma completa sandice desta lei, além de ser uma lei que super protege uma classe em desfavor de outra.

Meus amigos, as pessoas que elaboraram esta lei, tem uma única intenção, fazer de todos homossexuais.

É completamente inconstitucional, por ferir o livre pensamento, bem como a liberdade religiosa. Ora, se esta lei for aprovada de jeito que está escrita, a primeira coisa de devem fazer é recolher a bíblia! A bíblia prega contra o homossexualismo (fiz um texto se a bíblia prega violência contra os homossexuais, peço que leiam).

Eles vêm com o pretexto de dizerem que no Brasil há um massacre de homossexuais, que é necessário fazer uma lei para conter isto (estes dados não são verídicos, pois a maioria foram mortos não por serem homossexuais, mas por drogas, prostituição e outros mais).

Pensem um pouco! Já existe lei que pune quem mata ou causa lesão física em algum homossexual, como qualquer cidadão. O que eles querem é um privilégio, porém ao meu ver, o que esta por trás desta lei é o que falei, ela tem um foco em estar homossexualizando a sociedade, tirando dos pais o direito de educar seus filhos contra esta prática, bem como calando a sociedade e os grupos que são contrários a prática gay.

Só na cabeça do PT e dos militantes gays que acham que esta lei é aprovada pelos brasileiros.

De todas as porcarias que já aconteceram, as “leis” que foram aprovadas (união estável homossexual e abortamento de anencéfalos), está é a que vai causar mais danos para a sociedade caso seja aprovada.

Termino dizendo algo, orem pelo Brasil e pelo amor de Deus, abram os seus olhos em quem vocês votam. O PT e o PSOL são os responsáveis por abraçar esta causa gay, é claro que sei que é uma imposição da ONU, porém cada país é soberano e independente, ou seja, segue a cartilha da ONU quem quer.

Esta lei não foi feita para proteger o direito dos gays, mas lhe dar mais do que já tem (o Brasil não proíbe ninguém de ser homossexual). O que está lei quer é cercear os direitos de quem não concorda com a prática homossexual (99% da população é contra ou não concorda com nada da prática homossexual).

Por fim, haja cadeia e salas de audiências nos fóruns, pois o Brasil quase todo será fichado caso esta lei seja aprovada. Ainda mais que, a maioria penas são sempre acima da competência dos juizados especiais criminais, ou seja, o princípio da celeridade não vai acontecer!

Os advogados vão ficar ricos, pois todo mundo vai precisar de um! Até eu que sou advogado trabalhista, civilista e previdenciário, estou pensando em me especializar no direito penal e constitucional, pois creio que serei muito acionado para tirar os pais de família, obreiros, pastores e outros que não concordam com a prática homossexual das garras da “justiça”.

É claro que foi uma brincadeira no parágrafo anterior, pois do jeito que esta lei foi redigida, se passar no Congresso, o melhor que temos que fazer é mudar do Brasil, pois nem o presidente da república tem tanto privilégio assim!

Ore por esta nação, está precisando muito mesmo.

Artigos relacionados com o assunto:
Redes de ensino e a apologia ao homossexualismo
A Bíblia prega violência contra os homossexuais?
Davi e Jonatas eram homossexuais?
Homossexualismo (homossexualidade): por que a bíblia é contra?
http://templojovemvirtual.blogspot.com/2011/05/alerta-homossexualismo-homossexualidade.html
Menino inicia tratamento de mudança de sexo aos oito anos.
Não deixem de irem até o final do blog para verem as matérias mais populares.

domingo, 13 de maio de 2012

Evangélicos recorrem à justiça por direito de filhas não usarem uniformes com imagem de São Jorge.



Em Pontal de Araguaia, no interior do Mato Grosso, um casal de evangélicos teve que recorrer à justiça pelo direito das filhas não usarem o uniforme da escola onde estudam, o motivo, uma imagem de um santo católico, que é o símbolo da escola que se chama “Escola Municipal São Jorge”.
De acordo com os pais eles tentaram resolver o problema antes de recorrer às vias judiciais, a mãe das meninas propôs fazer um uniforme sem a impressão da imagem, entretanto, o conselho de classe e a direção da escola não aceitaram, e ainda mantiveram a decisão mesmo após o casal ter recorrido à Defensoria Pública.
Mas, os pais das crianças obtiveram êxito e a escola permitiu a alteração após o defensor público Milton Martini ter notificado a prefeitura cientificando que o fato seria encaminhado para a Justiça.
O texto da notificação elaborado pelo procurador diz que, “O artigo 5º da Constituição Federal assegura a igualdade perante a lei, sem distinção de qualquer natureza”, e ainda esclareceu sobre a liberdade de consciência e de crença, também garantidos constitucionalmente.
Fonte: Gospel+

Comentário do blog: isto é algo mais comum que você imagina. Não como necessariamente o ocorrido no caso em tela, mas é sim corriqueiro em escolas, principalmente essas do interior que possui uma forte influencia do catolicismo.

Eu mesmo quando criança, morei no interior e freqüentei uma escola que queriam me obrigar a assistir aulas de “ensino religioso” que na verdade era uma catequese, ou seja, só tinha ensinamentos da igreja católica.

Se fosse um colégio católico tudo bem. Como concordo que se alguém coloca seu filho em uma escola evangélica, judaica, espírita é para receber ensinos destas doutrinas e quem é contra não pode reclamar, pois a escola já tem essa filosofia.

Porém quando é uma escola que não tem esta diretriz (religião definida), principalmente se for pública, JAMAIS pode haver qualquer imposição a ser discipulado ou receber a influencia de qualquer credo religioso contrário ao que a família da criança ou adolescente professa ou segue.

No meu caso quando menor, após uma discussão para saber se iriam “remodelar” o ensino religioso ou se iriam cancelar, preferiram não me obrigar a assistir as aulas e muito menos fazer provas de ensino religioso. Assim, quando era a aula de ensino “católico” religioso, eu saía da sala e ficava como em um segundo recreio.

O fato é que, devemos velar sempre por nossa fé e de nossos filhos, não aceitando imposições de estranhos que possam contrariar os princípios da palavra do nosso Deus.

Que Deus vos abençoe!

quinta-feira, 10 de maio de 2012

POLÊMICA: Espiritismo, a religião que não sabe o que é “amar o próximo como a si mesmo e como Cristo nos amou”.



Sempre quando posto aqui no blog algum artigo vinculado ao tema, todas as vezes muitos seguidores do espiritismo tecem comentários contrários a forma de como mostro as doutrinas da bíblia.

Para a maioria dos espíritas, Deus está em todas as religiões e filosofias, o que Ele busca nas pessoas são boas ações, pois quem faz boas ações estará em um processo de aperfeiçoamento. Sendo que o que comete más ações estará trazendo sobre si, na próxima “reencarnação”, uma dívida para ser paga, virando alguém que vai sofrer muito, tipo, alguém que nasce deficiente.

Diante disto, sempre bato neste tipo de doutrina, que ofende completamente a palavra de Deus, e mostro com base bíblica o ponto de vista de Deus!

Quando o faço, toda vez aparece um para levantar a frase que Cristo falou, o que devemos é “amar o próximo como a si mesmo ou o novo mandamento, que nos amemos uns aos outros como Ele nos amou”.

O negócio é que não compreendem estas frases que Jesus falou acima! NUNCA siga alguém que pega um texto e esquece o contexto!

Vamos analisar então alguns quesitos que coloquei no segundo parágrafo desta postagem.
Para eles existe uma “auto-justificação” que a própria pessoa busca em seus meios. Do liame deles, não necessita-se de Deus propriamente, já que a obra redentora de Cristo de nada adianta, pois a salvação, que no caso deles seria uma “melhora” para próxima vida, é exclusivamente da pessoa, pelas obras!

Sob este patamar, não resta dúvida que desconhecem a amor de Deus. A obra de Cristo na cruz anulou a salvação mediante os próprios meios, sendo ela feita através da fé, pela graça e misericórdia do nosso Deus.

Preste atenção que, a forma do amor deles é um amor egoísta, orgulhoso e prepotente, não reconhecedor da misericórdia de Deus! Completamente diferente do amor de Deus.

Em João 13:34 Jesus disse: “Um novo mandamento vos dou: Que vos ameis uns aos outros; como eu vos amei a vós, que também vós uns aos outros vos ameis”.

Ora, quão antônimo está este amor da doutrina espírita para o amor que nos é mostrado na bíblia.

Se eles amassem os outros como Cristo nos amou, identificariam certas coisas como por exemplo:

A salvação é para todos, independente de boas obras, sendo que a fé é o agente salvador.

Para eles isto é um absurdo, pois como pode uma pessoa que “sempre fez o bem” não ser salvo, por não ter fé e uma pessoa que só fez o mal, no final de sua vida arrepender-se, mostrar fé e ser salvo?!

Daqui já vemos que não conhecem o amor de Deus, quem dera se conhecessem o que diz Mateus 20:1-15, saberiam que o amor de Cristo é bem diferente da noção de amor dos humanos.

Pegando um gancho no pensamento anterior, note que o novo mandamento não é amar o próximo como a si mesmo, MAS amar como Cristo AMOU.

O amor do espiritismo é egoísta porque as pessoas “amam” os outros, mas estão na verdade pensando em si mesmos! O fazem para ter uma melhor reencarnação, em outras palavras, isto não é amor, é uma barganha!

O amor para Deus não é assim! A visão bíblica nos ensina a amar não para sermos salvos, mas sim porque fomos salvos! E quem é salvo e está em Deus, ama, pois Deus é amor.

O amor de Deus é tão profundo que não interessa como foi o passado da pessoa, Ele está disposto a perdoar a todos nossos erros, sem necessitarmos por nosso esforço alcançar o perdão, pois Cristo fez isto na cruz por nós.

Que amor é esse!? É o amor que a bíblia ensina. É o amor que nos justifica sem merecermos. O espiritismo é uma doutrina do merecimento, só que, diante de Deus ninguém merece nada! Na verdade o que merecíamos era o inferno, porém, Deus quis mostrar o ser amor e NOS ENSINOU A DEPENDERMOS DESTE AMOR.

Não há ninguém que é bom! Jesus mesmo disse isto. Assim, se for por bondade humana, ninguém será salvo e não ache que a salvação se dá por visitar alguém doente, ou alimentar os necessitados, ISTO NÃO PASSA DE NOSSA OBRIGAÇÃO.

A salvação vem quando reconhecemos que o amor de Deus é bem maior, profundo e imensurável do que o amor que humanidade conhece. Outra coisa, após reconhecer isto, devemos depender desse amor, de sua misericórdia. E entender que não há diferença do perdão de Deus para alguém que salva vidas do que para um que ceifa vidas. Para o ser humano isto é um absurdo, porém o amor de Deus é muito maior que o nosso.

Que Deus vos abençoe e espíritas, não fiquem bravos comigo, apenas quis falar do amor de Deus sob a ótica da palavra.

Artigos relacionados com o tema:

Erro grotesco na minissérie Rei Davi ao fazer apologia ao espiritismo.
http://www.templojovemvirtual.blogspot.com.br/2012/03/erro-grotesco-na-minisserie-do-rei-davi.html 

Alerta: espiritismo x Bíblia:
http://templojovemvirtual.blogspot.com/2011/02/alerta-espiritismo-x-biblia_04.html

Jesus era contra o espiritismo ou não? E a questão de quem nasce deficiente.
http://www.templojovemvirtual.blogspot.com/2011/10/jesus-era-contra-o-espiritismo-ou-nao.html

OBS.: Não deixem de olharem na parte final do blog, os artigos mais acessados.

domingo, 6 de maio de 2012

Predestinação: os erros da doutrina do calvinismo



A doutrina calvinista se funda na crença que alguns homens e anjos são predestinados por Deus para a vida eterna, enquanto os demais estão condenados à morte eterna. Não se pode aumentar e nem diminuir este número de salvos e perdidos. Para os eleitos não há qualquer exigência de fé, boas obras ou de perseverança, nem condição alguma para alcançar a graça divina.

Diante disto, não resta outra coisa para este blog a não ser refutar tal doutrina que, mesmo que muitas Igrejas não se dizem calvinista, acabam por aderir muito de seus ensinos.

Há muitos textos na palavra que dizem que mesmo alguém que alcançou a salvação, pode perde-la por causa da infidelidade: “Guarda o que tens, para que ninguém tome a tua coroa” (Apocalipse 3:11). Da mesma forma textos como os de 2 Pedro 2:20-22 e Hebreus 6:4-7 somam-se a isto.

Os calvinistas dizem que Cristo adquiriu a salvação apenas para alguns, mas vemos em textos como os de Hebreus 2:9 e Ezequiel 18:23, 32 e 33:11 nos mostrando que o sacrifico de Jesus foi para toda humanidade, assim tanto os que se salvam como os que perecem, tais conseqüências se dão por própria escolha.

A doutrina da predestinação defende que os acontecimentos futuros, até mesmo as ações pecaminosas das pessoas são decretados por Deus. Este argumento não somente peca contra os ensinos das Escrituras como ofende os princípios da filosofia. Ora, se Deus decretasse que os seres humanos praticassem ações pecaminosas, Ele seria o autor do pecado.

Este sistema como se vê, destrói toda a distinção de justiça e injustiça, ao tornar Deus injusto. A bíblia nos mostra claramente que o caminho, bem como seu resultado depende do homem. Deuteronômio 30:19 diz: “Tenho posto a vida e a morte, a benção e a maldição; escolhe pois, a vida, para que vivas, tu e a tua semente – Na verdade Deus quer que todos se salvem, mas isto não depende Dele, o que Ele fez foi abrir o caminho, entrar nele depende de mim e de você.

A doutrina calvinista usa alguns textos para sustentar esta crença, mas de modo errado, eles dão interpretações completamente fora do contexto.

Jacó e Esaú: o texto de Romanos 9:11-14, onde mostra a escolha de Deus por Jacó e não Esaú, não está relacionada com vida ou morte eterna do indivíduo como eles dizem, e sim relacionada com a posterioridade de Jacó (Gênesis 25:23). Fala-se de nações, e não salvação individual.

Faraó: a leitura de Romanos 9:17-24 nos mostra um endurecimento à Faraó por parte de Deus. Os calvinistas sustentam que o faraó aqui é um exemplo de eterna reprovação, alguém criado com o expresso propósito de mostrar que Deus pode condenar quem quiser ao castigo eterno.

Tal entendimento está completamente equivocado. A questão aqui não é a destruição eterna de faraó, mas o livramento do povo de Israel. O propósito d Deus é “em ti mostrar o meu poder e para que o meu nome seja anunciado em toda terra”, não provar que o monarca estava condenado.

Faraó se mostrou arrogante contra ao Senhor, por este motivo, Deus determinou mostrar o Seu poder na vida de faraó.

Assim podemos dizer que, Deus endurece o coração de alguém quando este lhe dispensa misericórdia e a pessoa resiste. A conseqüência natural é que ela se tornará ainda mais endurecida que antes (Romanos 2:4-5).

Para concluir o artigo, digo que ainda mais coisas que poderia refutar aqui, vamos porém ficar com estas, pois creio que só com isto dá para perceber que a doutrina calvinista é muito falha e não pode servir de base para ninguém que segue as Escrituras Sagradas.

Que Deus vos abençoe e cresçam na esperança da salvação.

Artigos relacionados com o tema:

Vida após a morte! Como fica a situação de quem morreu salvo e quem morreu perdido?

Purgatório, existe ou não?
http://templojovemvirtual.blogspot.com/2011/08/purgatorio-existe-ou-nao.html

O Fim dos tempos - Arrebatamento
http://templojovemvirtual.blogspot.com/2011/04/o-fim-dos-tempos.html

O fim dos tempos II (a era após o arrebatamento)
http://templojovemvirtual.blogspot.com/2011/04/o-fim-dos-tempos-era-pos-arrebatamento.html

Não deixem de ir até o final do blog para ver artigos que são os mais acessados.