Seja bem vindo

"Bem aventurados os irrepreensíveis no seu caminho, que andam na Lei do Senhor. Bem aventurados os que guardam suas prescrições e o buscam de todo o coração; não praticam iniquidade e andam nos seus caminhos. Tu ordenaste os teus mandamentos, para que os cumpramos à risca. Tomara sejam firmes os meus passos, para que eu observe os teus preceitos." Salmos 119:1-5



domingo, 15 de setembro de 2013

Quem são os quatro reinos (quatro animais) do livro de Daniel?


Um dos desafios na interpretação de Daniel é a identificação dos quatro reinos mencionados nos capítulos 2 e 7.

O primeiro é claramente identificado em Daniel 2:38 como sendo a Babilônia. Os outros três estão abertos a interpretação.

Há duas linhas principais de pensamento sobre esse assunto. Um grupo identifica os quatro reinos como Babilônia, Média, Pérsia e Grécia e o outro (do qual a linha que sigo) vê como Babilônia, Pérsia, Grécia e Roma.

Muitos estudiosos acreditam que o Reino de Deus surgirá depois desses reinos.

Se o império Romano representar o quarto reino, isso estaria de acordo com a vinda de Jesus durante o governo romano (como disse, sou adepto desta corrente).

Se, entretanto, o quarto reino representar o Império Grego, então o Reino de Deus seria o reino hasmoneu, estabelecido pelos descendentes dos macabeus.

O texto não sugere necessariamente que o Reino de deus vira após a destruição dos reinos humanos.

A expressão “nos dias desses reis” em Daniel 2:44ª, indica que o Reino de Deus pode surgir em meio a esses reinos. A conclusão do texto, então, seria que, enquanto os reinos humanos surgem e desaparecem, o Reino de Deus subsiste.

Assim, os animais seriam (pela linha que sigo e é a da maioria):

O leão com asas de águia é o Babilônico, símbolo deste império (leão alado), que foi lhe arrancadas as asas (Daniel 7:4), uma referencia à humilhação de Nabucodonosor e a volta de sua saúde;

O urso é o reino Medo-Persa (Daniel 7:5), simbolizado por uma besta com apetite. As três costelas são conquistas deste império (Lídia, Babilônia e Egito);

O leopardo seria no caso o império grego. É sabido que este animal tem a rapidez como característica de ataque. A Grécia sob Alexandre o Grande, cresceu e conquistou um vasto território numa velocidade, isto é, em um curto prazo incrível.

Assim, também como surgiu, em pouco tempo seria dividido em quatro partes (Macedônia, Trácia (Ásia menor), Síria e Egito);

Por fim, o quarto animal não é representado (Daniel 7:7) e representa o Império Romano, que adquiriu as divisões do império grego.

Os dez chifres representam dez reis (Daniel 7:24), mas não estarei comentando nesta postagem sobre estes reis, e os três e o pequeno chifre, vamos deixar para outros estudo.

Terminando, vemos que o único reino que subsiste é o de Deus (Daniel 7:14).


Que Deus vos abençoe.

Artigos relacionados:
A herética teoria da salvação universal e seus erros
Existe o céu ou paraíso? O que a bíblia fala?
Jesus foi uma criação?
http://templojovemvirtual.blogspot.com.br/2012/07/jesus-foi-uma-criacao-de-deus-pode-ou.html
Jesus é Deus ou não?
A Importância do batismo nas águas e da Ceia do Senhor:
http://templojovemvirtual.blogspot.com/2011/06/importancia-do-batismo-nas-aguas-e-da.html 
Não deixe de ler os artigos mais acessados na parte final do blog.

3 comentários:

  1. gostei muito do que você disse. De que igreja você é

    ResponderExcluir
  2. gostei muito do que você disse. De que igreja você é

    ResponderExcluir
  3. Obrigado pelo comentário. Sou batista.

    ResponderExcluir